Bolo de Limão e Azeite com Mascarpone e Frutos Silvestres // Lemon Olive Layer Cake with Mascarpone and Berries


Tempo de celebrar o verão, e as coisas boas que o verão tem na manga. Colocamos a mesa lá fora e estendemos a toalha de linho. Preparamos um bolo simples que servimos com um creme rico de mascarpone e a abundância dos frutos do bosque no topo. As framboesas, os mirtilos, os morangos e as primeiras amoras unem-se nesta festa à mesa. Naquela mesa no jardim.

Juntamos depois amigos à mesa e cortam-se as fatias. Espalham-se os frutos na mesa e colocamos o dedo no creme de mascarpone. Naquela mesa por momentos o tempo pára e somos só nós, sem bagagem nem preocupações. Aproveitamos cada pedacinho de tempo bem passado, em boa companhia. É isto que eu quero guardar dentro de mim, que quero captar através da minha lente e transmitir em imagens. Podia ser sempre verão, naquela mesa de jardim.

Esta receita e estas fotos foram produzidas em colaboração com a Magic Linen, de onde vieram os linhos bonitos que estão nas fotos.









(scroll down for english version)


BOLO DE LIMÃO E AZEITE COM MASCARPONE E FRUTOS SILVESTRES

Bolo:
250 gr açúcar
4 ovos caseiros
raspa de 1 limão
sumo de 1/2 limão
75 ml azeite suave
120 ml iogurte grego natural
250 gr farinha com fermento
1 colher (chá) de fermento

Recheio e Cobertura:
250 gr mascarpone
125 ml natas (35% MG) bem frias
2 colheres (sopa) de açúcar em pó
½ colher (chá) de pasta de baunilha
raspa de 1/2 limão
2-3 colheres (sopa) de compota de frutos silvestres (opcional)
Frutos Silvestres q.b. para decorar


Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga duas formas redondas com 20 cm de diâmetro e forrar o fundo com papel vegetal antiaderente.
Numa taça grande colocar os ovos, o açúcar e as raspas de limão e bater com a batedeira eléctrica durante uns 5 minutos, até ficar volumoso.
Adicionar o iogurte, o azeite e o sumo de limão e mexer bem.
Depois juntar a farinha e o bicarbonato e envolver suavemente, até ficar bem incorporado.
Dividir a massa pelas duas formas e levar ao forno a cozer durante cerca de 30 minutos ou até um palito inserido no centro sair limpo e seco.
Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer por completo em cima de uma rede.
Para a cobertura e recheio, bater bem o mascarpone a baixa velocidade só até ficar cremoso, depois juntar as natas bem frias e bater em velocidade maior até ficar um creme firme. Juntar o açúcar em pó, a pasta de baunilha e as raspas de limão e bater mais um pouco até ficar cremoso.
Para montar o bolo, colocar uma das rodelas do bolo num cake stand ou prato de servir, espalhar a compota de frutos silvestres sem deixar que chegue muito às bordas do bolo (pode optar por não usar a compota, é opcional). Espalhar depois metade da cobertura de mascarpone sobre essa rodela de bolo, e colocar o segundo bolo por cima do creme. Espalhar o restante creme em cima do bolo e colocar os frutos silvestres em cima.
Salpicar com açúcar em pó se desejar e servir.

Bom Apetite!


//

(english version)


LEMON OLIVE LAYER CAKE WITH MASCARPONE AND BERRIES


For cake:
250 g caster sugar
4 free range eggs
Zest of 1 lemon
Juice of half a lemon
75 ml olive oil
120 ml greek yogurt
250 g self raising flour
1 tsp baking powder

For Filling and Icing:
250 g mascarpone cheese
125 ml whipping cream (35% fat) chilled
2 tbsp icing sugar
½ tsp vanilla bean paste
Zest of ½ a lemon
2-3 tbsp berry jam (optional)
Fresh berries to garnish


Method

Preheat the oven to 180ºC. Grease two 20 cm round baking pans and line the bottom with greaseproof paper.
In a large bowl place the eggs, sugar and lemon zest and beat with an electric mixer on high speed for 5 minutes, until light and frothy.
Add yogurt, olive oil, lemon juice and beat well.
Then add the flour and baking powder and mix gently, to incorporate well.
Divide the batter evenly between the prepared pans and bake for around 30 minutes, or until a toothpick inserted in the center comes out clean.
Remove from the oven and cool completely on a wire rack.
For the filling and icing, beat the mascarpone until smooth on low speed, then add cream and beat until firm on higher speed. Add sugar, vanilla paste and lemon zest and beat until creamy.
To assemble the cake, place one of the cakes on a cake stand or serving dish, spread a few tablespoons of your favorite berry jam over the cake without reaching the sides (this is optional). Spread half the icing mixture on the jam, and pop the second cake on top. Spread the rest of the icing on top, and garnish with fresh berries.
Sprinkle with icing sugar if desired and serve.

Enjoy!



Bolo de Limão e Flor de Sabugueiro // Lemon Eldlerflower Bundt Cake



Este mês de Junho o blog celebra sete anos de vida. Vamos celebrar! São mais que anos e números, são sete anos de partilhas, de histórias e receitas, de fotografias que contam memórias e sabores. Que me dizem tanto.
Estaria a mentir se não dissesse que estou super feliz por continuar a partilhar aqui! É um dos meus locais de escape, é uma das coisas que mais prazer me dá. Preparar uma receita, fotografar momentos doces e partilhar fatias dessas histórias que fazem parte de mim.

Cada vez gosto mais de preparar cenários, fazer o styling de uma receita, escolher os "props" mais bonitos, e encontrar-me a fotografar. A paixão aumenta sempre, e por isso continuo por cá. Quero descobrir muito mais, experimentar coisas novas, tentar sempre fazer mais e melhor.
Quero agradecer aos meus leitores por continuarem desse lado, a vir cá espreitar as minhas partilhas. Obrigada por estarem aí! Por me acompanharem neste cantinho e nas redes. Obrigada pelo carinho que recebo de vós. É muito bom, sinto-me muito grata por estar neste caminho convosco desse lado.

E para celebrar já sabem que tem de haver bolinho na minha mesa. Uma mesa onde partilho o que mais gosto. E a verdade é que o que o mais gosto de fazer são bolos e bolinhos!
A ideia para este bolo surgiu há uns dias quando experimentei fazer pela primeira vez cordial de flores de sabugueiro. E a minha forma nova bundt que veio da loja online Le Cuine, em forma de flor foi outra inspiração (é a Blossom e é linda!). Um bolo de limão e flor de sabugueiro. Perfumado e simples, perfeito para celebrar, para cortar fatias e partilhar. Sempre.










(scroll down for english version)

BOLO DE LIMÃO E FLOR DE SABUGUEIRO

150 gr de manteiga amolecida
200 gr de queijo-creme
raspa de 2 limões
350 gr açúcar
5 ovos
sumo de 1 limão
2 colheres (sopa) de cordial de sabugueiro
350 gr de farinha com fermento
2 colheres (chá) de fermento
pitada de sal

Cobertura:
100 gr de açúcar em pó
1 colher (sopa) de cordial de sabugueiro
sumo de limão q.b.

Cordial de Sabugueiro (receita de uma amiga):
900 ml de água
600 gr de açúcar
10 cabeças de flores de sabugueiro
2 limões



Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC e untar com manteiga uma forma bundt.
Numa taça bater a manteiga com o queijo-creme até ficar homogéneo. Juntar o açúcar e a raspa de limão e continuar a bater bem, até ficar cremoso. 
Juntar um ovo de cada vez e bater bem entre cada adição. Adicionar depois o sumo de limão, o cordial e bater.
Adicionar depois a farinha peneirada com o fermento e a pitada de sal e envolver bem até ficar homogéneo.
Colocar a massa na forma preparada e levar ao forno até cozer (uns 45-60 minutos ou até o palito vir seco).
Desenformar 5 a 10 minutos depois de retirar do forno, e deixar arrefecer totalmente numa grelha.
Para a cobertura, misturar o açúcar em pó com o cordial e um pouco de sumo de limão até ficar com a consistência desejada. Se ficar muito líquido juntar mais açúcar em pó e se ficar muito espesso adicionar mais umas gotas de sumo de limão. Espalhar sobre o bolo e servir enfeitado com flores de sabugueiro.

Para preparar o cordial, lavar bem as flores de sabugueiro. Colocar o açúcar e a água ao lume numa panela grande, até ferver e formar um xarope leve. Fora do lume juntar as flores, a raspa dos limões, e os limões cortados em rodelas. Tapar e deixar em infusão por 24 horas. Coar o cordial e colocar em garrafas esterelizadas e no frio.

Nota: podem usar cordial de compra (Aldi, Ikea) para ser mais prático. Podem optar por não fazer a cobertura e só salpicar o bolo com açúcar em pó.

Bom Apetite!










(recipe in english)

LEMON ELDERFLOWER BUNDT CAKE

150 g softened butter
200 g cream cheese
zest of 2 lemons
350 g caster sugar
5 eggs
juice of 1 lemon
2 tbsp eldlerflower cordial
350 g self raising flour
2 tsp baking powder
pinch of salt

Glaze:
100 g icing sugar
1 tbsp elderflower cordial
lemon juice as needed

Elderflower Cordial:
900 ml water
600 g caster sugar
10 heads of elderflower
2 lemons


Method

Preheat the oven to 180ºC and grease a large bundt pan with butter and set aside.
Place butter and cream cheese in a bowl and beat until well combined. Add sugar and lemon zeste and beat well, until light and fluffy.
Add eggs one at a time, mixing well after each addition. Add lemon juice and cordial and mix.
Gently add the flour, baking powder and pinch of salt and beat gently until smooth and well mixed.
Pour batter into prepared pan and bake for 45-60 minutes or until a toothpick inserted in the center comes out clean.
Cool cake for 5-10 minutes, remove from pan and let it cool on a wire rack.
For the glaze, mix icing sugar with cordial and some lemon juice in a bowl until you have a fairly thick consistency. If the glaze is too thin add more icing sugar and if it´s too thick add a few drops of lemon juice. Drizzle over the cake and serve with some elderflowers on top.

To prepare the cordial, wash really well the elderflower. Bring the sugar and water to the boil in a large saucepan until the sugar dissolves and makes a light syrup. Remove from the heat and add the elderflowers, the zest of both lemons and slice the lemons and add it to the pan. Cover and leave to infuse for 24 hours. Strain the cordial and store in sterelised bottles in the fridge.

Notes: you can use store bought elderflower cordial to make it easier. The glaze is opcional and instead you can just dust the cake with icing sugar.

Enjoy!




Tarte de Ruibarbo e Amêndoa // Rhubarb and Almond Tart



Dos sabores da Primavera. Podia fazer uma festa todos os dias. Feita de cores, sabores e texturas. Com espargos, rúcula, grelos e batata nova. Com cebolinhas, favas, ervilhas e alcachofras. Com os morangos, os mirtilos, as nêsperas e as cerejas. E o ruibarbo menos usual por cá.

Há uns anos plantei uma raíz de ruibarbo na horta, oferecida por uma amiga inglesa. Nos primeiros anos cresceu em força, mas agora está fraquinho. E eu andava cheia de saudades de comer ruibarbo em sobremesas. Deste sabor acre e forte, que combina tão bem com a melodia intensa dos frutos vermelhos e o com o doce abraço de uma tarte com creme de amêndoa.

Esta variedade mais rosada é tão linda, perfeita e deliciosa. O melhor ruibarbo que alguma vez provei. Veio de uma loja querida, a Horta do Bairro, onde sou sempre tão bem atendida. E quase me sinto como numa horta de verdade.
A escolha da receita veio da capa de um dos livros mais bonitos nas minhas estantes, o "Summer Berries and Autumn Fruits" e é esta tarte de ruibarbo e amêndoa. Perfeita servida morna ou fria, acompanhada com natas batidas ou uma bolinha de gelado de baunilha. Tudo é permitido, quando a gulodice ordena. E eu repeti a dose. Tão mas tão bom.














(scroll down for english version)

TARTE DE RUIBARBO E AMÊNDOA
(receita do livro "Summer Berries and Autumn Fruits" de Annie Rigg)

300 gr ruibarbo
200 gr açúcar
1 colher (chá) de água de rosas
1 colher (chá) de pasta de baunilha
250 gr de massa folhada (de compra ou esta receita)
1 gema de ovo batida
2 colheres (sopa) de amêndoas laminadas

para a frangipane:
75 gr de amêndoa moída
50 gr de manteiga amolecida
50 gr de açúcar
1 ovo
1 colher (chá) de raspa de limão


Preparação

Lavar bem o ruibarbo e cortar as pontas. Cortar os talos em pedaços com 5 cm. Colocar o açúcar, água de rosas e baunilha num tachinho e juntar 200 ml de água fria. Levar ao lume até ferver e dissolver o açúcar e depois apagar o lume. Adicionar o ruibarbo, tapar o tacho e deixar a amolecer na calda quente.
Polvilhar farinha numa superfície de trabalho e estender a massa com um rolo em formato oval, com 2-3 mm de espessura. Com uma faca aparar os bordos para ficarem direitinhos. Colocar a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal anti-aderente e dobrar os bordos da massa para dentro (cerca de 1-2 cm a toda a volta), pressionando ligeiramente. Refrigerar no frio por 20 minutos. 
Preparar a frangipane colocando os ingredientes todos numa taça e bater bem até ficar cremoso.
Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Espalhar a frangipane sobre a massa folhada, deixando 1-2 cm livres a toda a volta, porque se espalha durante a cozedura. Secar o ruibarbo da calda e espalhar sobre a frangipane. Pincelar os bordos da tarte com a gema batida e polvilhar as amêndoas laminadas por cima de toda a tarte. 
Levar ao forno por 35-45 minutos, até a frangipane dourar, a massa folhar e ficar estaladiça e o ruibarbo tenro.
Servir ainda morna polvilhada com açúcar em pó, e acompanhar com natas batidas ou gelado de baunilha.

Bom Apetite!





(recipe in english)

RHUBARB AND ALMOND TART
(recipe on "Summer Berries and Autumn Fruits", by Annie Rigg)

300 g forced rhubarb
200 g caster sugar
1 tsp rosewater
1 tsp vanilla bean paste
250 g puff pastry (store bought or this recipe)
1 egg yolk, lightly beaten
2 tbsp flaked almonds

for the frangipane:
75 g ground almonds
50 g unsalted butter, softened
50 g caster sugar
1 medium egg
1 tsp lemon zest


Method

Rinse the rhubarb under cold water and trim the ends. Cut each stem into lengths of about 5cm. Tip the sugar, rosewater and vanilla into a sauté pan and add 200ml cold water. Bring it slowly to the boil to dissolve the sugar and then remove from the heat. Add the rhubarb, cover and leave to soften in the hot syrup.
Lightly dust your work surface with flour and roll out the pastry into a rough oval shape, with 2-3mm thick. Use a large knife to trim and neaten the edges. Carefully slide the pastry onto a large parchment-lined baking tray and fold over the edges to create a border, pressing lightly. Chill in the fridge for 20 minutes. 
Make the frangipane by tiping all ingredients into a mixing bowl and beat well until smooth.
Preheat the oven to 200ºC.
Spread the frangipane over the pastry, leaving 1-2 cm border all the way round, as it will spread slightly during cooking. Drain the cooled rhubarb from the syrup and scatter all over the frangipane. Brush the edges of the pastry with the beaten yolk and scatter the tart with the flaked almonds. 
Bake for 35-45 minutes or so, until the frangipane is golden, the pastry crisp and the rhubarb tender.
Best served warm, with a light dusting of icing sugar, with some whipped cream or vanilla icecream.

Enjoy!