Ovos Bombay e Pão Naan



Há dias em que tudo se conjuga a preparar um determinado prato na cozinha. É o Verão e a sua abundância, as suas cores que se querem juntar à mesa. A horta onde o meu pai planta sempre várias variedades de tomate e por esta altura se vê pintada de vermelho, e há sempre uma salada na nossa mesa. Um molho de espinafres que nos chega por mãos amigas. Os ovos caseiros das nossas galinhas. Uma panela nova da Le Creseut, na qual é sempre um prazer cozinhar, e faz as delícias ao fogão.

Vem um dia de chuva a meio de Agosto, em que acordas e o cinza que se espalha no céu, te empurra para a mesa da cozinha para amassar um pão. Sabe tão bem. Já tinha saudades de por a mão na massa. Na ideia anda um almoço indiano com as minhas colegas veterinárias, mas como todas moramos longe e os nossos horários com urgências e fins-de-semana são difíceis de conciliar, vamos adiando e sonhando, já com saudades de estarmos todas juntas à mesa.

A inspiração para além de tudo escrito acima, vem de um livro que adoro, o 'Made in India' da Meera Sodha. Adoro as receitas dela. A sua cozinha indiana é uma mistura de cheiros e cores, com receitas da sua família e muitas especiarias a perfumar. Uma forma de viajar sem sair de casa. Tudo tão simples e fácil de fazer, que estou sempre a pensar qual será a próxima receita a deixar a minha cozinha com um cheiro fabuloso. Assim saem uns ovos Bombay e pão naan. As mão aguardam por serem estrelas no acto de comer, molhar o pão naan ainda morno no molho de tomate e na gema mole. As coisas simples que tanto gosto. Pura comida de conforto para o Verão. 






Ovos Bombay e Pão Naan
(do livro "Made in India" de Meera Sodha)

Para os Ovos:
2 colheres (chá) de sementes de coentros
1 colher (chá) de sementes de cominhos
4 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
4 dentes de alho picados
3 cm gengibre fresco ralado
1 kg de tomate maduro em cubos
1 colher (chá) de sal
1/4 colher (chá) de curcuma
250gr de espinafres frescos
4-6 ovos
pimenta q.b.
coentros frescos picados q.b.
iogurte grego natural para servir

Para o Pão: 
500 gr de farinha trigo sem fermento
2 colheres (sopa) de azeite
4 colheres (sopa) de iogurte natural
7 gr de fermento seco biológico
2 colheres (chá) de açúcar
2 colheres (chá) de sal
1 colher de chá de fermento Royal
250 ml leite morno


Preparação

Começar por preparar a massa do pão. Colocar a farinha numa taça e abrir um buraco no centro onde se coloca o azeite, iogurte, fermento seco, açúcar, sal e fermento. Começar a mexer com as pontas dos dedos até ficar incorporado. Adicionar o leite morno aos poucos e mexer até começar a formar uma massa. Colocar esta massa numa superfície enfarinhada e amassar por 5 minutos. Formar uma bola com a massa e colocar numa taça, tapada com um pano e deixar levedar até dobrar de volume.
Passado uma hora ou quando a massa dobrar em volume, dividir em 12 a 15 pedaços. Espalmar cada pedaço entre as mãos e salpicar com farinha e estender com o rolo da massa em forma oval e com uns 3mm de altura. 
Aquecer uma frigideira em lume médio a alto e quando estiver quente colocar um naan de cada vez. Quando o pão começar a borbulhar usar uma espátula e virar, deixando cozinhar mais um pouco do outro lado. Poderá virar por mais duas vezes e pressionar a massa usando a espátula. Proceder da mesma forma com os restantes pedaços e empilhar os naans já feitos mantendo num local quente.

Para os ovos bombay, começar por colocar as sementes de coentros e cominhos a tostar numa panela, por uns 2 minutos. Colocar num almofariz e moer.
Colocar o azeite na panela e quando estiver quente juntar as especiarias, mexendo por um minuto. Adicionar a cebola e deixar cozinhar por uns 6-8 minutos até ligeiramente dourada. Depois juntar o alho e o gengibre, deixar cozinhar 2 minutos e juntar os tomates, mexendo ocasionalmente.
Os tomates vão cozer e reduzir por uns 15 minutos, e começar a formar um molho espesso e cremoso. Juntar depois o sal, a curcuma, mexer e por fim os espinafres. Deixar que estes cozinhem, percam o volume e se envolvam no molho. Partir os ovos um a um (pode usar tacinhas para cada ovo para ser mais fácil e rápido) e colocar cada um deles num buraco que se faz com a colher no molho de tomate, baixando o lume em seguida. Tapar a panela e deixar cozinhar por uns 10 minutos ou até a clara ficar sólida e a gema ainda mole.
Servir imediatamente com pimenta moída na hora, coentros frescos picados, o iogurte grego natural e o pão naan.

Bom Apetite!



43 comentários:

  1. deve ser uma verdadeira delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Inês, vou daqui completamente a salivar ... Eu adoro este prato, ovos com tomates e esta versão deve ser sublime com tudo caseiro!
    Amei as fotos ♥
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adoro ovos e tomates, assim, sabe tão bem, e tenho mesmo de aproveitar a época dos tomates na horta. Beijinho.

      Eliminar
  3. Que linda mesa Inês!
    Perfumada e colorida. Como um raio de sol.
    Eu adoro ovos e essa "tomatada de ovos" indiana pôs-me a salivar ;) Uma refeição cá das minhas, perfeita com o pão para bicar o molho!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu por mim vou continuar a fazer enquanto houver tomates dos bons!
      Beijinho linda.

      Eliminar
  4. Olá Inês: uma refeição leve e de aspeto delicioso! O pão para molhar no molho ficou divino!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pão é a cereja no topo do prato, não tinha a mesma piada sem ele a molhar :) beijinho.

      Eliminar
  5. Eu sei que a fase é dos gelados, e apesar de os adorar, rendo-me muito mais a este tipo de maravilha!!! Que bom, Inês!
    Aquele pãozinho a mergulhar no molho... Goooood! A frescura dos coentros... bem...
    E fotos sempre lindas :)

    Bjsssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ma se vier um gelado, vem sempre a bem e com gula hehe, mas sim, não podem ser só doces não é? E este tipo de refeição enche mesmo as medidas, com os coentros frescos e o pão no molho, beijinhos.

      Eliminar
  6. Inês querida,
    estou aqui imaginando a plantação de tomate do teu pai, que maravilha
    fazer receitas com tudo colhido do próprio quintal.
    Pra mim tudo que contém coentro fica bom eu amo o sabor e o aroma.
    Parabéns por mais essas duas belas receitas, estou com água na boca, rsrs.
    Sua panela é linda!

    Bjs, fique com Deus! ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma mini plantação, mas estes últimos anos tem sido muito boa, até congelamos para mais tarde saborearmos em guisados e molhos. Vivam os coentros sim!!
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. Olá Inês!!
    Que bênção ter tomates fresquinhos à disposição!
    Nunca experimentei comida indiana, acredita?
    Seu prato está um convite ao deleite!
    Beijos mil e ótima noite pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andrea, experimenta a comida indiana, é tão rica em cheiros e sabores, adoro! Tenho é de cortar no picante sempre, quando faço em casa. Muito obrigada, um beijinho.

      Eliminar
  8. Que receita maravilhosa Inês! Adoro pão Naan e desconhecia estes ovos Bombay que despertaram em mim o meu paladar. Adoro usar e experimentar especiarias e sentir o perfume delas espalhado pela cozinha e é nestes pratos reconfortantes que elas me sabem melhor. "...molhar o pão naan ainda morno no molho de tomate e na gema mole", simplesmente maravilhoso, adorei! :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a minha parte preferida!! Se bem que o processo de ver o pão naan a borbulhar também me dá conforto. Para mim basta um bocadinho disto para ser sempre mais feliz na cozinha e não só. Um beijinho.

      Eliminar
  9. Ó Inês, por favor deixa-me ir almoçar aí contigo! Que maravilha! Desde os ovos ao pão, estou a babar. Não conhecia este livro, mas como sou a louca dos caris, acho que vou já comprá-lo.
    Obrigado pela partilha
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Sara, temos de combinar e vens! :) o livro é muito bom, simples e super acessível em ingredientes e prático, adoro e recomendo. Um beijinho linda.

      Eliminar
  10. A receita parece realmente maravilhosa, nunca fiz! E 'Bombay' nunca deixa de me lembrar da música dos Rolling Stones :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de comer uns ovos com tomatada, é muito bom Avelã! beijinho.

      Eliminar
  11. Hummm nunca fiz mas tenho de experimentar. Adoro molhos de tomate e esses ovos ficaram demais.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/08/bolo-de-leite-condensado-e-licor-de.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clarinha, é daquelas coisas que é tão simples mas ao mesmo tempo sabe tão bem. Um beijinho e obrigada.

      Eliminar
  12. Ai que delícia! É tipo uma versão diferente dos ovos rancheiros, né?
    Bjs!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podemos dizer que sim, com os toques e sabores indianos. Ias adorar!
      Um beijinho minha querida.

      Eliminar
  13. Adorei a receita e as fotos estão tão bonitas!! :)

    http://viajarnacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Babei o teclado só de olhar!


    http://obolinhodesabado.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Olá, Inês!
    Já deves imaginar que este post é mesmo ao meu gosto! Fiquei a imaginar os aromas e sabores deliciosos desta refeição...
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula, eu sei, também sou fã deste tipo de aromas e refeição, daquelas coisas que nos reconfortam e ao mesmo tempo nos fazem viajar por momentos.

      Eliminar
  16. Inês,
    Ora aqui está uma refeição que me enche as medidas. Cheia de cor, sabor e aromas que adoro. Aquele molho cheio de intenso sabor e aquele pãooooooooooo, ai esse pãoooooooooooo. Adoro Pão Naan e cada pedaço de pão naquele molho leva-nos ao céu :)

    Beijinho grande
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana obrigada. Sem o pão não seria a mesma coisa não! E então com o pão morninho, tudo acabadinho de fazer, é mesmo delicioso.

      Eliminar
  17. Parabéns Inês! Não só as receitas são fantásticas como também as imagens cativam o olhar pela sua simplicidade requintada:) Embora nem sempre comente, passo sempre por aqui,ou não fosse o seu blog um dos meus preferidos ( tenho-o na minha lista de blogues favoritos, para ser mais fácil a visualização de todos os seus posts).
    Beijnho,
    Manuela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Manuela, pela simpatia e pelas visitas :) um grande beijinho

      Eliminar
  18. Que delicia!!! Estou rendida!! Esse pão... essa mistura!!!

    Beijinhos

    www.sotaodaverdinha.blogpot.com

    ResponderEliminar
  19. Parabéns tem um Blog inspirador que apetece devorar :) diga-me por favor o iogurte grego tem açúcar?
    Obrigada e um bem haja

    ResponderEliminar
  20. Boa noite Inês!
    Quando diz fermento de trigo sem fermento, que farinha concretamente é que utilizou? O que encontro mais usualmente nas grandes superfícies é farinha T55 ou 65 sem fermento, foi alguma dessas?
    Queria muito experimentar esta receita de naan. :)
    Obrigada.

    ResponderEliminar