Bolo de Coco da minha Avó // My Grandma´s Coconut Cake



Não há melhor bolo do que aquele que é feito de afectos e memórias. Daqueles bolos rústicos, simples e fofos que sempre se fizeram cá em casa. Na forma de chaminé mais antiga que ainda se usa na minha cozinha. Que eram feitos pela minha avó e hoje em dia por mim, sempre que a vontade de um bolo de conforto se instala. É sem dúvida o melhor do mundo, apesar de tão simples. Mas cada vez dou mais valor à simplicidade, ao sempre, ao nosso, às memórias e recordações.

Aprendi da pior forma que as memórias se perdem. Que nos vamos esquecendo das coisas, de quem somos, de onde estamos. Quero escrever mais memórias, em histórias e linhas contadas, em receitas e fotografias, para que nunca me esqueça delas. De como me são tão queridas. De como me fazem sorrir nos dias menos bons. Por isso partilho aqui este bolo de coco da minha avó. Por gostar tanto dela, por gostar tanto dele. Acho que todos sabem o quanto amo a minha avó, o quanto sou ligada a ela e às memórias que nos unem desde a minha infância.

Esta avó com quem cresci. Que me deixou crescer. Com os pés descalços na terra do quintal e da horta. A cuidar dos animais. A comer a fruta directamente da árvore. A ver crescer os legumes e o passar das estações. Um bocado de mim é ela, e tenho muito orgulho nisso. Ela não sabe ler nem escrever, mas se soubesse ia ficar feliz ao ler estas palavras, ia recordar esses momentos que passamos juntas desde que eu era pequenina. Quando me preparava o melhor bolo do mundo. E eu sorria de olhos bem abertos, enquanto ela me contava mais uma história e aquecia uma cafeteira de cevada. Para que nunca nos esqueçamos destes momentos.










(scroll down for english version)


BOLO DE COCO DA MINHA AVÓ

6 ovos caseiros
400 gr de açúcar
raspa de 1/2 limão
250 ml de iogurte de coco
75 ml de azeite ou óleo vegetal
40 gr de coco ralado
300 gr de farinha com fermento
1 colher (chá) de fermento


Preparação

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Untar com manteiga uma forma de chaminé tradicional bem grande e reservar.
Colocar os ovos, o açúcar e raspa de limão numa taça e bater com a batedeira eléctrica por uns 5 minutos, até ficar uma mistura volumosa e esbranquiçada.
Adicionar o iogurte, azeite ou óleo e o coco ralado e bater bem.
Por fim juntar a farinha e o fermento e envolver suavemente na massa até ficar homogénea.
Colocar a massa na forma e levar ao forno até cozer (teste do palito), uns 40-50 minutos.
Desenformar, deixar arrefecer e polvilhar com coco ralado.

Bom Apetite!


//


(recipe in english)

MY GRANDMA´S COCONUT CAKE

6 free-range eggs
400 g caster sugar
zest of half a lemon
250 ml coconut yogurt
75 ml olive oil or canola oil
40 g shredded coconut
300 g self raising flour
1 tsp baking powder


Method

Preheat the oven to 180ºC.  
Grease a large traditional tube pan with butter and set aside.
In a large bowl place the eggs, sugar and lemon zest and beat with an electric mixer on high speed for 5 minutes, until light and frothy.
Add yogurt, olive oil, coconut and beat well.
Then add the flour and baking powder and mix gently, to incorporate well.
Pour the batter into the prepared pan and bake for 40-50 minutes, or until a toothpick inserted in the center comes out clean.
Let it cool and spread some shredded coconut on top.

Enjoy!






20 comentários:

  1. Adoro bolos com coco, este tem mesmo o aspecto caseiro.
    Deve ser tão bom!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com ovinhos das nossas galinhas, não há mesmo melhor bolo para mim do que este, feito com coco e com doces memórias!

      Eliminar
  2. Engraçado que hoje já é o segundo bolo de "memórias" e homenagens. São mesmo os melhores bolos, aqueles que nos trazem belas recordações e que, ao saborear cada fatia, parece-nos que voltamos atrás no tempo.
    O teu bolo está lindo e deve ser muito saboroso.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os bolos feitos de memórias e do caderno de receitas da família para mim serão sempre os melhores :)
      É delicioso e super simples!
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Inês, tão lindas as tuas palavras que dedicas à tua avó! É tão notório esse amor avó-neta em cada letra que escreves. É triste perdermos a memória, esquecermos-nos de quem somos, de onde viemos e para onde vamos. Aproveita todos os segundos que possas para estar com ela. Mima-a, faz as receitas que ela fazia para ti. São esses momentos que valem a pena e vais guardar para sempre no teu coração.
    O bolo está lindo, com uma cor irrepreensível e uma textura fofa como tão bem as avós sabem fazer. Quero experimentar esta receita.
    Um beijinho grande para ti e para a tua avó.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Célio, pelas palavras e pelo carinho.
      Temos de aproveitar mesmo o tempo que ainda temos, as memórias que conseguimos que não se percam, os momentos felizes e que temos de guardar connosco.
      Espero que experimentes e gostes do bolinho da minha avó. Ela vai gostar de saber!
      Um beijinho.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. É muito bom!
      A forma do bolo que uso tem cerca de 25cm de diâmetro.

      Eliminar
  5. A minha avó fazia um bolo de claras que eu adorava em pequena, aqui há uns anos senti necessidade de o pôr no blog, numa espécie de homenagem á minha avó e para que não me esqueça...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho maravilhoso partilharmos essas receitas, de sempre, tão nossas e que acabam por ser tão simples mas tão ricas em afectos!
      Um beijinho.

      Eliminar
  6. What a beautiful post and sweet memories. (I used my knowledge of French and Spanish to understand!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh thank you so much for stopping by Annika, you are the sweetest! The recipe you can find in english, the words I´m glad you could understand :) big kiss dear

      Eliminar
  7. Minha querida Inês,
    que bolinho tão bonito e tão amarelinho o interior, são ovos caseiros, pois claro!
    Imagino que o bolinho seja uma pura perdição.
    Imagino as memórias boas que tens de comer fatias desse bolinho bom :)
    Sei o quanto gostas da tua avó e o quanto as memórias são boas e importantes!
    Tenho a certeza que ela adorou ver o bolinho dela feito por ti!
    As imagens estão lindas.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Joana, bem sabes como a minha avó é especial.
      E não quero que estas memórias se percam nunca!
      Ela adora que eu lhe faça um bolinho, e eu adoro ainda mais fazer estes bolinhos tão bons e familiares, com cheiro a sempre. Um beijinho.

      Eliminar
  8. Oh sweetie, tão lindo e emocionante o que escreves...!
    São momentos que ficarão para sempre, disso eu tenho a certeza!
    E quero tanto experimentar este bolo, gosto deles assim, simples e fofos, com ovos caseiros, lembram-me também a minha infância.
    As fotos são lindíssimas como sempre e transmitem tudo o que escreveste ♥
    Boa Páscoa!
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patrícia, és um amor de pessoa, obrigada pelo carinho com que sempre me escreves!
      Estes bolos são sem dúvida os meus preferidos, fofos e caseirinhos, com doces memórias em cada fatia.
      Uma doce Páscoa e um beijinho.

      Eliminar
  9. Great post on "Bolo de Coco da minha Avó // My Grandma´s Coconut Cake". As a professional chef i have to appreciate your work. Keep Posting useful posts like this. Keep in touch with my websites- Culinary Schools | Cooking Schools

    ResponderEliminar
  10. adoro tudo que leva coco este esta mesmo mt a meu gosto essa fatia humm ja comia bem bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Isa, faz que vais gostar :)
      Um beijinho.

      Eliminar