Cheesecake raw de Caju e Mirtilos



Um cheesecake raw, vegan e mega delicioso, de um dos meus livros preferidos. Sabem aqueles livros de culinária especiais e que sabemos que vão ficar para sempre? Esta receita vem de um desses livros. Da querida e sempre sorridente Joana Alves aka Miss Vite, o livro "Natural" (o qual tenho autografado e com uma dedicatória toda catita).

É dos livros mais completos e com o qual aprendi e aprendo sempre mais, sobre alimentação saudável e vegetariana. E com fotografias lindas de morrer. As receitas que já fiz foram mais que muitas, desde o chá dourado (foi com este livro que o experimentei pela primeira vez), a granola de maçã, as panquecas de trigo sarraceno, o requeijão de amêndoa, o pão recheado com funcho caramelizado, o chilli 3 feijões, o esparguete de beterraba assada entre outras. Dá fome não dá? Adoro e recomendo, mesmo a não vegetarianos.

Ainda não tinha experimentado este cheesecake raw de caju e mirtilos do livro. Estava na lista do "a fazer" há imenso tempo. Gosto imenso da receita, e acho-a muito mais equilibrada que outros cheescakes raw que vejo em outros livros ou na net. Talvez pela base ser menos calórica que outras carregadas de frutos secos. Faz-me mesmo muito mais sentido. E assim que o provei notei logo essa diferença. Como é leve, fresco e delicioso! E com os mirtilos que eu tanto adoro, e tenho sempre imensos congelados e prontos a usar.
Uma sobremesa perfeita para estes dias de verão!








Cheesecake raw de Caju e Mirtilo

Base:
4 tâmaras medjool demolhadas e sem caroço
75 gr de sementes de girassol demolhadas 1-4h
125 gr de coco ralado
1 colher (sopa) de cacau cru em pó
1 colher (sopa) de óleo de coco derretido
1 colher (sopa) de água fresca
1 pitada de sal

Recheio:
225 gr de cajus crus sem sal demolhados 1-4h
150 gr de mirtilos congelados
4 colheres (sopa) de geleia de arroz
4 colheres (sopa) de óleo de coco derretido
100 ml de água fresca
sumo de 1/2 limão
1 colher (chá) de pasta de baunilha
1 pitada de sal

Decorar:
Mirtilos frescos
Folhas de hortelã


Preparação

Para a base colocar os ingredientes todos num processador e triturar até obter uma massa consistente.
Espalhar a massa numa forma de mola de 20cm de diâmetro, pressionando bem para ficar com altura uniforme. Reservar no frio.
Para o recheio, colocar todos os ingredientes excepto os mirtilos num processador de alimentos e triturar até se obter um creme macio.
Colocar cerca de 3/4 deste creme por cima da base e espalhar bem com a ajuda de uma colher, para que fique uniforme.
Acrescentar os mirtilos congelados ao restante creme e triturar até ficar homogéneo. Espalhar este creme roxo por cima do outro creme, com cuidado e para que fique uniforme.
Tapar com película aderente e levar ao congelador por cerca de 6-8horas.
Para servir, retirar do congelador 30 minutos antes e decorar com mirtilos frescos e folhas de hortelã.

Bom Apetite!










22 comentários:

  1. Adooooooro Inês :)
    Tenho mesmo de experimentar a receita antes do final do Verão :)
    Também gosto tanto do livro, é um dos meus preferidos por ser um livro tão equilibrado e que explica tudo tão bem.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro o livro Nuno, por todas essas razões e pelo carinho que tenho pela Joana. Sem dúvida um dos meus livros favoritos!
      Tens de experimentar, vais adorar!
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Isabel Figueiredo Patrício23 de agosto de 2017 às 01:56

    Olá Inês
    Ficou lindo e com cores apetecíveis. Vou com certeza experimentar esta receita, além de deliciosa é vegan e a filhota agradece ��
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel,
      eu acho que todos vão gostar lá em vossa casa :)
      Um beijinho.

      Eliminar
  3. Ai que tentação! Aposto que isso em versão Amoras também deve ser delicioso! :D
    Grande beijinho doce Inês

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Su, versão amoras de certeza que é delicioso!
      É com a fruta que quiseres. Fiz de manga e pêssego e fica maravilhoso.
      Um beijinho linda.

      Eliminar
  4. Que lindo Inês, como sempre uma artista a fotografar. Também já tinha ficado de olho nesta receita, agora já sei que é boa de certeza! Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara, é mesmo boa! Ou não fosse uma receita da Joana.
      Estou fã, do cheesecake, da cor dos mirtilos, do verão.
      Um beijinho minha querida.

      Eliminar
  5. Olá Inês: ficou tão bonito, com umas cores vibrantes e apelativas. O sabor deve ser tudo de bom. Adoro cajus.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Márcia, obrigada. Fica mesmo delicioso e servido fresquinho é uma maravilha.
      Um beijinho.

      Eliminar
  6. Para além de lindo esse cheesecake deve estar delicioso!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  7. Fotos... 5 *****

    https://www.youtube.com/watch?v=9BMwcO6_hyA

    ResponderEliminar
  8. Eu AMEI a seleção de ingredientes para fazer esse cheesecake Inês. Simplesmente demais!
    Suas fotos como sempre, espetaculares e tentadoras. :)
    Receitinha para ficar guardada em um lugar especial e fazer para agradar à todos.
    Grande beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Jéssica, que bom que gostas.
      Se bem que quem merece os créditos é a miss Vite que é a autora desta receita deliciosa, estamos fãs.
      Espero que faças e gostes! Um beijinho.

      Eliminar
  9. Que coisa boa Inês, sou viciada em cheesecake raw! Ficou tão lindo, não me canso de olhar ♥
    Sou difícil quanto a livros de culinária portugueses mas esse é mesmo TOP!
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem sei sweetie, e olha que por cá estamos fãs também!
      A Joana tem o dom de fotografar maravilhosamente e ao mesmo tempo fazer receitas deliciosas, nutritivas e com as quais aprendemos tanto.
      Um beijinho.

      Eliminar
  10. Que linda sobremesa! Adorei! Parabéns pelas lindas imagens, Inês!
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lylia, uma delícia de sobremesa :)
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. subscrevo tudo o que escreveste acerca do livro. é o meu favorito, onde aprendi mais sobre cozinha vegetariana até hoje e todos os outros que tenho comprado acabam por ser um pouco mais do mesmo de tão completo que é o "natural". é uma espécie de bíblia que consulto frequentemente para confirmar informação e pelas receitas deliciosas. esta tarte por acaso ainda não fiz, mas ainda na semana passada servi a panacotta de côco à sobremesa num jantar e no final recomendei o livro como o melhor na minha prateleira dos livros de culinária a uma das convidadas. e este eu sei que não foste tu nem a patrícia quem mo ofereceu!! :p beijinho (espero que a avó também tenha gostado de se aventurar pelas sobremesas raw...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que também adoras o livro da Joana, de facto é tão completo e cheio de informação, aprendi imenso com ele e continuo sempre a aprender cada vez que o vejo.
      Ahahaha, sim este não fui eu nem a Patrícia que te oferecemos, mas bem que podíamos ter sido :) a minha avó é uma lambareira, adora tudo! Está fã de receitas vegan e raw. Adorou este sim!!

      Eliminar