Pavlova em Coroa



Um ano que se passou. E um novo ano ainda em branco. Está pronto a ser escrito, a ser pintado com as cores que gostamos mais, a ser contado em palavras e cozinhado em sabores e cheiros.
Não costumo fazer resoluções de ano novo, nem penso em metas e objectivos que pretendo atingir. Não tenho esse hábito, não quero fazer dietas nem perder peso, não quero planear viagens que depois não consigo fazer, não quero mudar de vida radicalmente, não quero mudar de emprego só porque na minha área há precariedade. Não quero dizer um monte de coisas só por dizer. Se algo mudar que seja porque é tempo para isso, porque mereço e lutei por isso, e não preciso que seja Janeiro para o fazer.
Claro que desejo que seja um bom ano, mas acima de tudo penso nele sempre com esperança. E com sonhos agarrados a mim.

De alguma forma acabo sempre por pensar no ano que passou, nos sentimentos que senti, nas coisas que vivi, mas sem nostalgia (essa fica sempre para o fim do verão). Não foi um ano fácil, não. Foi cheio de rasteiras e sustos. Mas em vez de pensar no que menos gostei nele, prefiro olhar para trás e ver os dias felizes. As oportunidades que agarrei, os desafios que abracei, e ver que se calhar até sou capaz de me safar nesta história que se chama vida. Pensar nos bons momentos com quem amo, nos pedacinhos de sol e amizade que tive, nas coisas novas que aprendi, no milagre que presenciei. Sim, porque afinal os milagres acontecem, e este ano que passou foi esse o momento que me deixou mais feliz e grata (apesar da dor e da frustração pelo meio). E se os milagres acontecem, há sempre esperança, há sempre sonho, é sinal que o melhor ainda está por vir (como diz uma amiga minha).

Este ano e sempre, escolho sonhos, escolho sentimentos, escolho ser mais feliz. Escolho as pequenas coisas da vida que me fazem sentir bem, e as grandes também (os milagres). 
E trago-vos uma coroa doce. Quero mais este lado doce da vida. Uma pavlova branca pronta a ser pintada com groselhas, compota e canela. Que se partiu a meio das fotografias, e me fez rir. Que foi degustada por nós e por amigos e vizinhos, gente boa e que nos faz feliz.
Fica a sugestão para o Dia de Reis. E para dias mais doces.
Desejo um bom ano a todos os leitores! Cheio de momentos doces e felizes.








Pavlova em Coroa
(inspirada na Donna Hay)

6 claras de ovo
330 gr de açúcar branco
1 e 1/2 colher (chá) de vinagre de sidra

para servir:
250 ml natas frescas
2 colheres (sopa) de açúcar
canela em pó q.b.
groselhas frescas q.b.
compota de frutos vermelhos q.b.


Preparação

Pré-aquecer o forno a 150ºC. Desenhar um círculo com 25cm de diâmetro numa folha de papel vegetal antiaderente e colocar dentro de uma tabuleiro.
Com a batedeira eléctrica bater as claras em castelo até ficarem bem firmes. Começar a juntar o açúcar, uma colher de sopa de cada vez, e bater entre cada adição, até ficar incorporado.
Bater depois durante uns 5 minutos até a mistura ficar brilhante e espessa.
Adicionar depois o vinagre e bater por mais 2 minutos.
Colocar colheradas da mistura dentro do círculo desenhado, em toda a volta, formando uma coroa.
Reduzir a temperatura do forno para 120ºC e colocar a pavlova a cozer cerca de 1 hora e 20 minutos.
Depois desse tempo, desligar o forno e deixar a pavlova lá dentro até arrefecer por completo (eu coloco uma colher de pau na porta do forno para deixar uma abertura).
Para a cobertura, bater as natas até ficarem firmes, adicionar o açúcar e bater mais um pouco só para incorporar e juntar canela a gosto de forma a ficar com um chantilly de canela.
Na altura de servir, colocar a pavlova num prato grande, cobrir com o chantilly de canela, colocar as groselhas, uns fios de compota de frutos vermelhos (eu usei uma compota caseira de morango e especiarias) e salpicar com canela.

Bom Apetite!








48 comentários:

  1. Adoro pavlova. Ficou lindíssima.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/01/pato-assado-com-citrinos.html

    ResponderEliminar
  2. Tão gira e apetitosa Inês. Adorei!!
    Beijinho!!

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  3. Ficou linda. Adoro Pavlova. Acabei o ano com duas destas maravilhas. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que giro, nós foi com uma de chocolate!!
      Um beijinho.

      Eliminar
  4. Ficou muito bonita a pavlova. Eu também não gosto nada de fazer uma lista de coisas para o ano novo! Para mim não faz sentido. Gosto de ir vivendo dia a dia, fazer escolhas quando tiver de fazer e escolher sempre mas sempre ser feliz :)
    Beijinhos Ana
    http://acasinhadasbolachas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como eu. Claro que há sempre coisas que desejo, saúde, trabalho etc. No ano que passou tive de fazer algumas escolhas, que não foram planeadas por isso o melhor é ir vivendo e vendo. Um beijinho.

      Eliminar
  5. Ficou muito original a Pavlova com este formato.
    Bjn e votos de um excelente 2017
    Márcia

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, talvez me possa ajudar.
    Este final do ano tentei fazer uma pavlova mas correu sempre mal (e tentei 3 vezes).
    O merengue ficou bem duro, mas depois coloquei no forno e a pavlova ficou baixinha, não mantendo a forma.
    O que terei feito de mal?

    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, não sei como ajudar em saber o que correu mal. Eu própria não consigo fazer merengues e pavlovas no meu forno. É um forno a gás que não desce abaixo dos 180ºC, por isso queima sempre a pavlova. Felizmente tenho amigos e vizinha com forno maravilhoso para estas aventuras. As pavlovas que fiz sairam sempre bem, segui a receita à risca como nesta, os tempos de bater, as temperaturas do forno, o deixar arrefecer totalmente dentro dele. Será do forno?

      Eliminar
  7. Nunca consegui fazer uma pavlova , mesmo com o forno a 90ºc ela ao fim de 15 minutos esta castanha e a cozinha a cheirar a queimado.
    A tua fiocu tão linda...babei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São, poderás ter o forno desregulado em temperatura. Pode ser só uma questão de ver isso!
      Um beijinho.

      Eliminar
  8. devo ser das muito poucas pessoas que teve um 2016 muito bom... ao ponto de ter dado por mim a não querer que o ano acabasse!! Desde 2009 q n tinha um ano assim tão... suave? E tão cheio de conquistas pessoais. Nunca faço resoluções, nem estabeleço objectivos ou metas, nem escrevo sonhos para concretizar, ou peço desejos, a não ser saúde, saúde é sempre o que desejo para mim e os meus. Mas este ano prometi a mim mesma que vou continuar a acreditar mais em mim, a acreditar que sim, sou capaz, que sim, tenho capacidades para. Para tudo o que me apetecer!!! Bom ano!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu ano apesar dos percalços, até foi bom. Teve um grande milagre! E isso para mim é o que basta para o tornar feliz, apesar de ter sido difícil. Saúde acima de tudo sempre! E poder ter sempre mais momentos felizes. Bom ano!

      Eliminar
  9. Que linda ficou essa pavlova, um verdadeiro regalo p os meus olhos. :)

    espiralemflor.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Que coroa linda. Vais concerteza ter um ano doce, muito doce.
    Beijinho Inês e amei as fotos, como sempre. Reformulo, cada vez mais lindas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Annabelle, desejo o mesmo para o teu ano!
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. shut up and take my diet! =D

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar
  12. que linda!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Pois então, que 2017 seja um ano de sonhos realizados, muitos milagres e muitas pavlovas pintadas a gosto :)).
    Beijinhos e feliz 2017

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não se realizarem, ao menos que continuemos a sonhar!
      Ou a lutar por eles :) bom ano Lia!

      Eliminar
  14. Que linda pavlova!
    Um ano repleto de felicidade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Que pavolova maravilhosa,...além de linda, deve estar deliciosa!
    Feliz dia dos Reis,..
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  16. Esta pavlova é a coisa mais linda do Mundo :)
    Penso da mesma maneira que tu, resoluções de ano novo não são comigo, não precisamos de Janeiro para mudar ou repensar a vida.
    Desejo-te um ano muito feliz, bem mais doce e tranquilo , um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sara, és um amor!
      Também te desejo um ano cheio de coisas boas.
      Um beijinho.

      Eliminar
  17. Querida Inês,
    que linda pavlova!
    Está tão linda em forma de coroa, tão perfeitinha :)
    Uma perdição, aposto :) (Eu não me cansava de a comer! Adoro pavlovas :p)
    Também penso como tu, acabo por não pedir nada, por não traçar objectivos nem por me lamentar com o trabalho :p Não é preciso mudar de ano para que o nosso pensamento de alguma forma altere!
    Que seja um ano incrível, bem docinho e cheio de coisas boas querida.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doce Joana, obrigada!
      Temos mesmo de combinar um peculiar e uma pavlova então para finalizar :) bom ano!!
      Um beijinho.

      Eliminar
  18. Tão linda a tua Pavlova Inês! Difícil olhar para ela sem esboçar um sorriso. E depois de ler o teu texto que está carregado de esperança, mais ainda. Tal como tu também não faço resoluções, as coisas acontecem quando têm que acontecer e os sonhos valerão sempre a pena se lhes dermos valor e acreditarmos que é sempre possível. Assim como são possíveis os milagres, basta acreditar.
    Que 2017 te traga muitos momentos felizes, lindos e doces como esta pavlova que está de bradar aos céus, pois tu mereces. :)
    Um grande beijinho e Feliz Ano Novo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, basta acreditar, mesmo quando tudo parece não ser possível. Umas vezes será, outras não. Mas acima de tudo viver com esperança é com atitude positiva é muito importante. Que o teu ano também seja cheio de doces momentos Célio! Um beijinho.

      Eliminar
  19. que 2017 seja cheio de coisas boas... e puras como esta linda pavlova que nos deixas...
    beijinhos
    Carla

    ResponderEliminar
  20. Focarmo-nos nos aspetos mais positivos do ano é o mais importante para que o próximo corra bem, não há nada de bom a vir de negatividade exagerada!
    A tua pavlova é uma sugestão fantástica para o dia dos Reis, diferente e muito bonita :)
    Um bom ano :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperança, positivismo e bom humor, que o ano nos traga coisas boas e que nos façam sorrir como esta pavlova ao sair do forno! Um beijinho.

      Eliminar
  21. O teu laboratório de experiências é fabuloso...um sorriso a tua manipulação...Um Beijinho te deixo.

    ResponderEliminar
  22. Apaixonante à 1ª vista esta tua pavlova sweetie!!!
    Amei o mood e as loiças claro ♥
    Tu também fazes magia, sabias?
    Bjinho doce

    ResponderEliminar
  23. Que fotografias lindas!
    Um feliz Ano Novo muito doce.
    Conceição

    ResponderEliminar
  24. E que lindas cores essas com que pintas o branco.
    Um beijinho grande querida Inês *

    ResponderEliminar