Orzotto Cremoso com Espargos



Puro conforto. Adoro refeições assim. Que se fazem num instante, que são práticas, com ingredientes que adoro e sazonais, e que ao dia seguinte ainda são perfeitas para voltar a comer sem reinventar.
É assim que descrevo de forma prática este orzotto cremoso. Mas poderia dizer também que foi das melhores refeições que comi nos últimos dias, e que voltei a repetir e irei continuar a fazer enquanto for o tempo dos espargos.
É bom como um prato tão simples nos deixa entusiasmados a cada garfada.

A primeira vez que ouvi falar de orzotto, foi num programa da Nigella (recordo-me tão bem). 
Ela preparava uma espécie de risotto feito com orzo ou massa pevide. Achei mesmo interessante, até porque adoro risotto e adoro massa, e o resultado ficava mesmo cremoso. Preparei uma receita semelhante à dela nessa altura e adorei. Nunca antes tinha usado a massa pevide sem ser na canja. 
Agora sei que quando quero um prato de conforto rápido, a massa pevide, uns legumes e queijo parmesão nunca me desiludem.
Que bom que é, seja um orzotto, um risotto ou um cevadotto. A inspiração italiana é sempre um bom motivo para se estar à mesa e comer bem. Mesmo quando o tempo é escasso para a preparar. Mas há sempre opções para todos os dias, e este orzotto é mesmo para qualquer dia da semana.
Deixo-vos esta sugestão bem simples e deliciosa, e perfeita para esta Primavera.




Orzotto Cremoso com Espargos
(do livro "The Clever Cookbook", de Emilie Raffa)

1 colher (sopa) de azeite
115 gr de bacon em cubinhos
1 dente de alho picado
250 gr de orzo ou massa pevide
1 litro de caldo de legumes caseiro ou água quente
1 molho de espargos
1 colher (sopa) de manteiga
parmesão ralado q.b.


Preparação

Numa panela média aquecer o azeite e saltear o bacon até ficar douradinho, uns 3-5 minutos.
Adicionar o alho e a massa pevide, mexendo um pouco para envolver tudo no azeite.
Juntar o caldo de legumes ou água e deixar ferver. Assim que ferver, baixar o lume e tapar a panela, deixando cozinhar por uns 15 minutos, mexendo ocasionalmente para prevenir que a massa cole ao fundo da panela.
Preparar os espargos, cortando a base do talo e descartando. Cortar os espargos em pedacinhos, na diagonal e adicionar à panela depois dos 15 minutos passados. Deixar cozer sem tampa, durante uns 5 minutos ou até os espargos ficarem ligeiramente tenros. Se a massa absorver o caldo todo, adicionar mais água se necessário. 
Juntar a manteiga e parmesão ralado a gosto e envolver tudo muito bem até ficar cremoso.
Servir de imediato, com mais parmesão ralado.

Nota: não será necessário adicionar sal à receita, como já tem o tempero do bacon e do parmesão, mas fica ao critério de cada um.

Bom Apetite!






40 comentários:

  1. eu só comia mesmo massa pevide na canja e, para ser sincera, até pertencia àquele grupo restrito que prefere canja com arroz do que com massa. no entanto parece-me muito bem este orzotto, que é um nome muito airoso para uma mansinha envergonhada que com mais dois ou três ingredientes resulta numa refeição muito deliciosa.
    beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, antes a pevide era só na canja, agora uso-a nos orzottos e em algumas sopas tipo minestrone. Tme um nome airoso tem, mas é super simples. Como tem sido a onda de receitas por aqui.
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Também vi esse programa! Mas tinha fixado o nome! :)
    Muito interessante!

    Beijinhos Ana

    https://acasinhadasbolachas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de experimentar, é super simples de fazer e fica delicioso com espargos!

      Eliminar
  3. Hoje estamos em sintonia no que toca a massas e receita hehehe. Adorei esta tua versão e sugestão Inês,

    beijinho!

    ResponderEliminar
  4. Nunca provei, mas adoro comidas assim, de conforto. Simples e com ingredientes sazonais :)
    Estou como tu, enquanto houver espargos, vou consumir com abundância!! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ias gostar Nuno, então com os espargos!!
      Beijinhos.

      Eliminar
  5. Não conhecia o orzotto! Ficou maravilhoso!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Uma verdadeira comida de conforto e que é bem prática de se fazer. Parece deliciosa.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo reconfortante e deliciosa.
      Um beijinho.

      Eliminar
  7. Olá Inês,
    Como sabes, adoro o livro da Emilie e já recriei várias receitas dela, incluindo este Orzoto que, claro, dependendo da generosidade do Chef (nós cozinheiros amadores), poderá ficar mais ou menos cremoso e claro, o orzo, verdadeiro, dá-lhe uma cremosidade tentadora e apetecível. Gostei do efeito e das fotos lindas.
    um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adoro o livro, é mesmo útil para o dia-a-dia e as receitas são deliciosas, esta foi das primeiras a ser marcada e vou continuar a fazer enquanto houver espargos!
      Beijinho.

      Eliminar
  8. Delicious!!!

    http://beautyfollower.blogspot.gr/

    ResponderEliminar
  9. O aspecto esta super delicioso.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É delicioso São, pelo menos adoro com espargos.
      Obrigada!

      Eliminar
  10. Eu nunca comi nenhum orzotto! Mas adoro risottos e massa por isso acho que ia adorar este prato!
    Os espargos são tão bonitos e ficam bem em qualquer lado!
    Acredito que seja das melhores refeições e que seja para repetir!
    Eu já jantava outra vez :p eheh
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joaninha, tens de experimentar um orzotto, sim ias adorar pelo que vejo dos teus gostos.
      Os espargos têm sido bem aproveitados por cá!
      Um beijinho.

      Eliminar
  11. Obrigada por compartilhar essa receita, nunca tinha ouvido falar em orzotto. Acho que vou tentar fazer essa receita, parece maravilhoso!
    Comfy food na medida! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta Jéssica, espero que gostes tanto como nós gostamos.

      Eliminar
  12. que bom aspecto! Parece mesmo uma delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana, é uma receita simples e deliciosa.
      Vale a pena fazer!

      Eliminar
  13. Lembro-me tão bem desse episódio e ainda não experimentei mas fiquei ainda com mais vontade ao ver estas fotos! e espargos são do mais irresistível, aqui só tirava o bacon ;) beijinho Inês

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que giro, há mais gente a lembrar-se desse episódio :)
      Claro, tu fazes sem bacon Inês, a imaginação é o limite, como nos risottos e cevadottos.
      Um grande beijinho.

      Eliminar
  14. Ao ver esta publicação recordei-me que tenho isto para experimentar :) Ficou ocm um ótimo aspeto!!

    http://loveskitchen-mycooking.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta Célia, com estes ou outros sabores, é tão bom e reconfortante. Um beijinho.

      Eliminar
  15. Tem um aspecto delicioso Inês!! :)
    Beijinhos

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Adoro, este é o meu tipo de massinha favorita, ha duas semanas fui a casa, trouxe 3 pacotes, eu gosto mais da nossa pevide, mais curta, no entanto quando não há pronto, orzo com ela :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, fica delicioso com esta pevide. E pensar que antes só a usava em canja. Gosto muito!

      Eliminar
  17. Nunca experimentei, mas acho sempre imensa piada aos nomes adaptados deste género de pratos! Diga-se a verdade, este parece delicioso. Acho que tenho de experimentar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Avelã, tudo o que seja risotto, cevadotto e orzotto já sei que gosto e muito. É comida de conforto.

      Eliminar
  18. Acabei de fazer e comer. Receita hiper deliciosa além de Prática e rápida.

    ResponderEliminar
  19. Parece me bem.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/06/um-mes-com-jamie-oliver-e-uma-quiche-de.html

    ResponderEliminar
  20. Adoro estes pratos assim, perigosamente deliciosos. De verdadeiro conforto e que tanto nos satisfazem. Lembro-me tão bem desse episódio da Nigella. Também vi e fiquei com água na boca e com vontade de ir fazer aquele prato. Fiz algo parecido há uns dias mas usei ervilhas, para dar escoamento às ervilhas da primavera que chegaram cá a casa e adorei o resultado.
    Mais uma sugestão deliciosa!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, perigosamente delicioso!
      Boa ideia com as ervilhas, tenho imensas para descascar amanhã e adoro usar, fresquinhas sem congelar. Assim ou com um ovinho escalfado :) um beijinho.

      Eliminar