Porridge de Quinoa e Romã





Uma das coisas que mais me orgulho é da educação que os meus pais me deram. Foi ela que moldou e me fez parte da pessoa que sou hoje. Sei que me transmitiram bons valores. Sei que fizeram o melhor por mim.
E uma das vertentes foi sem dúvida a educação alimentar. Comer alimentos de qualidade e saudáveis. Produtos da horta e de produtores locais. Conhecer o padeiro, o peixeiro, o talhante. Saber de onde vêm as coisas. Comer bem, não é difícil, nem é caro. Temos é de saber aproveitar a sazonalidade e sim, o facto de ter uma horta ajuda imenso. E vizinhos que partilham connosco o que vem da terra.
Comer uma sopa de legumes antes da refeição principal, comer fruta, abusar nos legumes, desde sempre que me foi transmitido, e nunca me queixei de comer os verdinhos! Sempre fui de "boa boca".
Os doces ficam guardados para fins de semana e dias de festa. E optamos pelos caseiros. E acreditam que só na altura da faculdade provei nutella? (é verdade!) Não posso dizer que não sou gulosa, há dias em que me apetece chocolate e como! E se me apetece um doce como. Nada de fundamentalismos.
E nunca sair de casa sem tomar um bom pequeno-almoço é outra regra de ouro. Começar bem o dia cheia de energia. Costumo sempre tomar em casa, não se perde assim tanto tempo e come-se melhor que em qualquer pastelaria ou padaria. Já para não falar que é bem mais económico.
Nos dias frios, nada como umas papas quentinhas com mel e fruta para me aquecerem a manhã, e fazem-se em poucos minutos. Adoro pequenos-almoços assim.






Porridge de Quinoa e Romã
(adaptado do livro"Honestly Healthy")

1 chávena de flocos de quinoa
25 gr de bagas goji
pitada de canela em pó
1 chávena de leite de aveia (ou outro)
1 chávena de água
1/3 chávena de bagos de romã
mel q.b.


Preparação

Num tacho colocar os flocos, as bagas goji, a canela, o leite e a água, e levar ao lume médio, mexendo sempre até os líquidos serem absorvidos e ficar com aspecto de papa (uns 5 minutos).
Fora do lume servir em duas taças, misturando os bagos de romã e mel a gosto.

Bom Apetite!








36 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Pois parece que hoje, finalmente, sou a primeira a comentar, eheheh!!!
    Minha querida, pois podes orgulhar-te e muito bem da educação que os teus pais te deram, pois sim, eu sou testemunha da tua irrepreensível educação e boas maneiras (brincadeirinha).
    Concordo contigo a 100% em termos da importância do biológico e saudável e adoro o teu porridge de quinoa nas fotos mas amiga, acreditas que não consigo comer porridge? Não sei se é trauma de infância, mas tudo o que tem o nome de papas..., não entra... e o pior é que adoro o aspecto, por isso acho que um dia destes vou ter de me obrigar a mudar esta parte psicológica e contrariar a vontade...
    Adorei a nova cup :)))...
    Beijinhos grandes minha princesa linda e super bem educada,
    Lia.

    ResponderEliminar
  3. Também tive uma educação parecida. Sendo neta de agricultores, aprendi desde cedo a respeitar os produtos e a privilegiar o melhor que terra nos dá!
    Este porridge de quinoa e romã tem um aspecto fantástico! Curiosa com o sabor que deve ter!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  4. O maior problema nos dias de hoje, na minha opinião, é mesmo a falta de educação a todos os níveis!! Tb fui educada com valores, tento passa-los à minha filha, isto num mundo onde os valores cada vez valem menos... É uma pena!
    E na parte do pequeno-almoço até me ri, pk lá em casa ninguém sai sem pequeno-almoço, até o meu namorido apanhou o hábito cmg :)
    Quanto à tua receita, eu acho que tem um óptimo aspecto, mas não consigo comer nada do género.. lol acho que foi mto nestum quando era piquena!!!
    De qq forma, tá com um óptimo aspecto, como aliás tudo que sai dessas mãozinhas :)
    Shiii escrevi imenso.. lol
    beijocas querida

    ResponderEliminar
  5. Olá Inês,

    eu sou do campo, é verdade que no local que habito já há muito que se deixou de ver as pessoas com as sacholas e em colheitas, acontece mas para consumo próprio tudo em tamanho muito pequeno ficando parte do terreno com ervinhas.
    Aqui em casa temos árvores de fruta e ainda se planta alguns legumes, acho que funciona como uma terapia para os meus pais, principalmente no Verão em que se colocam fora da cama bem cedo para regarem tudo, eu tenho que confessar que só quando comecei com o gosto de cozinhar é que fui para a nossa horta, recordo tão bem o dia que vi que até groselha tinha no quintal, neste momento ando na pesquisa de como fazer uma mini horta para o próximo ano, gostava muito de cultivar ruibarbo.
    Em relação ao pequeno-almoço também nunca saio de casa sem ele, mas quando estou de férias gosto tanto de o tomar fora de casa e aos domingos também me sabe bem:)
    Não conhecia esta sugestão, apenas conheço as papas de aveia normais que tanto gosto, mas com esta adição de novos sabores não há como recusar, os bagos e romã dão um ar de Natal Inês, um aspecto mesmo tentador e umas fotos tão perfeitas, por isso é que eu acho que fazes um excelente trabalho aqui no ananás e hortelã.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Ginja,
    Foi essa a educação que recebemos, evoluímos, pois temos novos e valiosos conhecimentos e foi essa a educação que deixo para meus filhos.
    Faço há muito tempo diversos mingaus de aveia, vou ter de experimentar essa versão, ficou muito tentadora.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderEliminar
  7. também não consigo sair de casa sem tomar o pequeno-almoço, por norma acordo cheia de fome ;)
    partilho dos teus valores alimentares, é mesmo importante saber comer e não levar a coisas para extremismos fundamentalistas,
    parabéns pela receita é fantástica como sempre!
    beijinhos e ate breve...

    ResponderEliminar
  8. Concordo completamente com o que dizes no texto. As tuas palavras podiam ser minhas. Excepto na parte dos doces, gosto de chocolate e pouco mais. Não é por ter medo de engordar, é mesmo porque tenho uma boca mais virada para o salgado. Claro que quando há doces ou sobremesas, provo, mas não consigo comer uma porção individual. Agora, se há coisa que para mim também é sagrado, é o pequeno almoço. É impensável eu sair de casa sem tomar o pequeno almoço.
    Este teu porridge de quinoa, tem mesmo bom aspecto, e os bagos de romã, parecem rubis sobre um lençol de ouro, ficou muito bonito :)

    ResponderEliminar
  9. De quinoa nunca fiz mas tenho a certeza que ia gostar.
    Esta excelente
    bj

    ResponderEliminar
  10. E que menina bonita criaram que já tive o prazer de conhecer!
    Adorei a receita <3

    ResponderEliminar
  11. Que forma saudável e deliciosa de começar o dia!

    ResponderEliminar
  12. Concordo contigo. A alimentação é fundamental para a nossa saúde, tantos problemas se podiam evitar se os adultos tivessem cuidado com os hábitos que passam aos nossos pequenotes...
    Quanto à receita nunca provei nada do género, mas só pelo aspeto dá vontade de colmatar essa falha da minha parte ;)

    R de Rita

    ResponderEliminar
  13. como me revejo neste teu post. Ainda este fds estava a conversar com os meus avós sobre essas questões alimentares. sempre me ensinaram que a alimentação é o nosso "gasóleo" e aquilo que comemos influencia e muito na nossa saúde e bem estar. Felizmente temos todos uma saúde de ferro cá em casa e acredito que é porque sabemos o que comemos. E mesmo com 74 anos o meu avô recusa-se a comer outro frango ou porco que não o que ele cria hehe
    quanto ao pequeno-almoço, tenho de experimentar :) também não saio de casa sem ele :)

    ResponderEliminar
  14. Querida Ginja, estas fotos são uma delícia, e estou convencida a experimentar esta receita que traduz conforto, para o estômago e alma :)

    ResponderEliminar
  15. Olá Ginja
    Leio o teu post e penso, com os meus botões, que podia ter sido eu a escrevê-lo, por ser tão de acordo com o que penso e pratico. E tudo como dizes, sem fundamentalismos mas com bom senso.
    Resto de boa semana.
    Bj
    Guida

    ResponderEliminar
  16. Também gosto muito destas papinhas ao pequeno-almoço e este ficou demais com as bagas goji.
    Bjs, Susana
    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

    ResponderEliminar
  17. Adoro papinhas :) Sou daqueles que fazia papas com as bolachas Maria e o copo de leite! :)
    Já agora adoro esse tachinho! Mesmo!! :D

    ResponderEliminar
  18. Inês,
    Como sempre receitas fantásticas com muito sabor e qualidade.
    Beijinho

    Katia
    http://entretachosebimby.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Eu nem que quisesse sair de casa sem tomar o pequeno almoço, não conseguiria porque acordo logo esfomeada... ainda mais agora que estou a amamentar.
    Parece-me uma excelente sugestão de pequeno-almoço esta, ainda que porridge para mim seja mesmo o de aveia ;)

    ResponderEliminar
  20. Querida e doce amiga Ginja.
    Quanto tempo não deixo um comentário aqui, as coisas estão um pouco difíceis para mim,nem mesmo a viagem ajudou, ainda estou vivendo uma tempestade em minha vida, mas se Deus quiser vai passar e vou poder voltar a visitar sempre este cantinho de que tanto gosto e que me faz bem.
    Hoje por exemplo estou me deliciando com essa sugestão tão gostosa e saudável.
    Na esperança de dias melhores, beijinhos carinhosos.

    ResponderEliminar
  21. Querida Inês: sabes que nunca provei quinoa?? Tenho visto em alguns blogues,mas não conheço. Concordo que um bom pequeno-almoço é essencial. Gosto particularmente de papas de aveia. Hei de ver se descubro a quinoa, pois o aspeto das tuas é excelente, ainda por cima com a romã!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  22. Un desayuno de 10 Ginja! Yo tampoco salgo nunca de casa sin desayunar.
    Preciosas fotos, me encanta el cazo :)
    Un beso!

    ResponderEliminar
  23. Ginja querida,
    os filhos reflem a educação que os pais dão, e a gente ver que vc foi bem
    criada, bem educada pela formação que seus pais lhe deram.
    Acho vc uma pessoa linda por dentro e por fora, uma pessoa do bem, ao qual
    gosto e admiro muito e com esse relato que vc escreveu lhe admiro mais ainda.

    Uma receita saudável e deliciosa assim cai bem em todas as estações eu amei!

    Beijinhos, fique com Deus ♥♥♥

    ResponderEliminar
  24. Ginja,
    gosto muito de quinoa, mas nunca a comi doce:) devo gostar, pois dá-me a impressão que é como o arroz doce :)
    Também gosto de tomar o pequeno almoço em casa e assim ensinei os meus filhos, tais como transmiti os valores que moldam o bom carácter que eles têm. Cada vez mais noto a importância desses valores e cada vez mais vejo o quanto eles faltam a muita gente, chegando mesmo a ser vícios de carácter.
    Quando reconheces a boa educação que te deram, é sinal que os valores que os teus pais te transmitiram estão presentes em ti.
    Parabéns pelas lindas fotos de um pequeno almoço saudável
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  25. Os meus pais também sempre me transmitiram essa mensagem e valores, apesar de não termos horta!
    Gostei imenso desta receita, estas papas devem ser maravilhosas! Tomo sempre pequeno-almoço em casa por isso é uma boa sugestão para o fim-de-semana :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  26. Ginjinha minha doce filhota, pelo que sei de ti e saber a pessoa maravilhosa que é, percebe-se logo que foi criada por pais maravilhosos, que souberam lhe educar muito bem, e ensinar os valores que fazem parte de nossas vidas, dar valor aos alimentos, desde o inicio é muito bom, aprende-se desde cedo a comer bem, comer o que se planta, sem desperdício e comer de tudo. Aprendi com meus pais, e ensinei minha filha a comer desde cedo frutas e legumes, alimentos essenciais para o crescimento saudável. As guloseimas ficavam para os finais de semana kkkk
    Gostei demais do seu porridge, estou utilizando muito a quinoa em casa, e nunca a fiz doce. Com certeza ficou uma delicia, acrescida de romãs que gosto tanto. Adorei. Parecem pequeninos rubis, hehe. Linda decoração. Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Olá Inês, são estes os valores que nos formam na pessoa que somos.´
    Quanto a esta receita, nunca experimentei este género de pequeno almoço.
    Continuo com o meu pacote de quinoa na dispensa à espera de experimentar. Esta parece uma boa forma de iniciar o pacote.
    Bjinhos e resto de boa semana.

    ResponderEliminar
  28. que coincidência, foi o que estive a comer agora mesmo (só que o meu com flocos de aveia). :)

    ResponderEliminar
  29. Que lindo porridge e super saudavel! Bjs

    ResponderEliminar
  30. E os teus pais também devem sentir orgulho em ti :) Adoro porridge e este ficou lindo com a romã. Aqui só como no Inverno com especiarias e fruta.
    Bem eu provei frango de aviário na faculdade e lembro-me de o rejeitar por ser tão mole e seco e a nutella há uns seis anos.Fico contente que existam pessoas da tua geração assim :)
    Beijo

    ResponderEliminar
  31. O meu avô era agricultor, unicamente, era disso que vivia. E ainda hoje lá está a quinta, em Rochaforte, onde vou buscar algumas coisas de horta, poucas infelizmente, mas que muito me orgulham.
    É bom termos uma infância de bons hábitos. Também os tive e lembro-me de odiar alguns alimentos. Hoje vejo que os meus pais tinham toda a razão para me "entupir" :-) com eles.
    Bom pequeno almoço, querida.
    Beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
  32. Olá Inês,

    Basta passar os olhos por algumas ds tuas publicações para percebermos a educação e os valores que os teus pais te transmitiram e que, felizmente, continua no teu interior.
    Neste Mundo cada vez se encontram mais pessoas desprovidas desses valores, dessa educação e isso é visível não só nas palavras proferidas, como nos actos praticados, basta uma meia duzia de vezes de contactos com tais pessoas para se perceber isso mesmo.
    Uma pena ! :(

    Quinoa: pois ainda não experimentei, um destes dias lá calhará, já que ando bastante curiosa com ela ! :) Sempre tomo e tomei pequeno almoço em casa, pois tal como os teus, também os meus pais me ensinaram certos valores que, com o tempo, se enraizaram e mim e aproveitar o que temos em casa de uma forma apetitosa e se possível saudável (confesso que nem sempre), foi um deles.
    Este teu pequeno almoço poderia perfeitamente ser o meu, já que só não conheço mesmo a quinoa ! :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  33. eu como papas de aveia praticamente todos os dias, vou fazendo misturas, alterno ingredientes, mas o resultado é sempre parecido com este: um pequeno almoço nutritivo e cheio de sabor! flocos de quinoa nunca provei, hei-de trazer na próxima visita ao celeiro!

    e não te esqueças de participar no passatempo de natal no meu blogue: http://limited-edition-since2012.blogspot.pt/2013/12/passatempo-5-sentidos-com-alecrim-aos.html

    ResponderEliminar
  34. Revejo-me tanto no que escreveste! Menos na parte da nutella, eu descobri-a bem cedo!! :) Não há nada como um bom pequeno almoço para começar o dia e este é perfeito! Beijinho!

    ResponderEliminar
  35. Querida Ginja
    E' tão mais fácil ter uma alimentação saudável, quando trazemos isso do berço e sou feliz por você ter tido essa benção!
    Realmente é muito importante aproveitar a sazonalidade.
    Adoraria tomar um pequeno-almoço rico e saboroso como esse!
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar
  36. Que bonita e tão natalícia esta receita, adorei o toque final da romã! um beijo

    ResponderEliminar