Convidei para jantar... Sofia Coppola


A 4ª edição do projecto criado pela Ana, "Convidei para jantar..." está aí. Desta vez em casa da Pammy, que nos surpreendeu escolhendo o tema de Realizadores de cinema
Um tema bem escolhido, eu adoro cinema e tenho imensos realizadores que admiro e gostaria de convidar a partilhar comigo um jantar.
Mas a tarefa revelou-se complicada. Quem escolher?





O Tim Burton foi convidado pela anfitriã. Um favorito sem dúvida.
Tentei entrar em contacto com o Woody Allen, mas ele disse-me que andava muito ocupado a responder a todos os convites para jantar dos entrevistados do inquérito da revista Pública.
Estava complicado...
Lembrei-me do tão enigmático David Lynch, mas soube que tinha ido aos Açores, a casa da Patrícia.
Tentei entrar em contacto com o Emir Kusturica, mas ele andava em concertos com a sua banda e seria impossível vir de tão longe.
O Almodóvar estava no meio de uma tempestade criativa e não podia ser incomodado.


E eu sem convidado...
Calma, pensei. E se fosse antes uma realizadora? 
Lembrei-me imediatamente da Sofia Coppola, a filha do grande Francis Ford Coppola, e que realizou um dos meus filmes favoritos, o Lost in Translation, que lhe valeu uma nomeação para melhor realizadora.
Ela aceitou o convite e chegou num dia ao fim da tarde. Cansada da viagem, aproveitou para descansar um pouco no jardim, na espreguiçadeira, enquanto eu lhe servi uma limonada acabada de fazer, fresca e com hortelã.
Mais tarde foi ter comigo à cozinha. Eu disse que o risotto que iria preparar tinha de ser feito na hora e ela concordou. Servi uma sangria de champanhe com framboesas enquanto eu ia adiantando tudo e falávamos.
Falámos dos seus filmes sobretudo. Da sua carreira de actriz, do seu pai, da sua vida. Contou-me alguns segredos bem peculiares.
Contou-me como foi trabalhar com o fantástico Bill Murray no Lost in Translation, e eu disse-lhe que para além de adorar o filme, tinha gostado imenso da banda sonora.
A conversa partiu daí também para a banda sonora do seu outro filme, o drama The Virgin Suicides. O filme que me apresentou a Sofia como realizadora.
Não podíamos deixar de passar pelo sedutor e extravagante Marie Antoinette e pelo último Somewhere, enquanto dávamos a primeira garfada no risotto. Ela gostou e repetiu. Foi bebendo e deixou-se levar pela conversa animada sobre as estrelas do cinema.







Risotto Selvagem de Legumes
(adaptado do livro "As Voluptuosas Receitas de Miss Dahl", de Sophie Dahl)

1 chávena de arroz selvagem (de mistura)
caldo de legumes q.b.
1/2 chávena vinho branco
3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola
1 dente de alho
1 alho-francês
1 courgette ralada grosseiramente com casca
1 cenoura ralada grosseiramente
100 gr cogumelos frescos laminados
2 colheres (sopa) de parmesão ralado
1 ramo de salsa e coentros picados
50gr de amêndoas laminadas


Preparação

Num tacho preparar o caldo de legumes e mantê-lo quente.
Num outro tacho grande, aquecer o azeite com a cebola picada, o alho picado e o alho-francês em rodelas, deixando estufar por uns 5 minutos.
Adicionar então a courgette ralada, a cenoura e os cogumelos, envolvendo.
Juntar o arroz e deixar fritar. Adicionar o vinho e mexer até se evaporar o álcool.
Quando a mistura estiver quase seca, ir juntando caldo de legumes. Mexer sempre o arroz e ir juntando caldo, até o arroz estar cozido e todo o caldo ser absorvido.
Apagar o lume e juntar o parmesão ralado na hora e envolver.
Polvilhar com a salsa e coentros e salpicar com as amêndoas.
Servir de imediato.

Bom Apetite!







49 comentários:

  1. Prima, tou triste :(
    A Sofia?!?!?! E não me convidaste para jantar com vocês este risotto maravilhoso... snif... snif...
    Beijocas fofas ;);)

    ResponderEliminar
  2. Excelente escolha, eu ainda ando às voltas com o meu convidado cheia de problemas com a escolha e muitas dúvidas existênciais ;)

    ResponderEliminar
  3. Óptima escolha. O "Lost un Translation" é um filme fantástico. Não vi o Somewhere, mas ando com muita vontade de o ver.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Excelente escolha, tanto na convidada com a refeição e bebida que serviste, tudo leve e aromático mesmo a pedir uma boa conversa.
    bjs e obrigada por participares.

    ResponderEliminar
  5. mais uma vez, uma excelente escolha. Só tenho pena não ter sido convidada também :P
    De resto, uma mesa primaveril e leve a pedir uma boa dose de conversa :)
    (p.s. adorei o prato e o paninho :D a minha perdição :)

    ResponderEliminar
  6. Já almocei mas como foi no trabalho.... com este prato... almoçava outra vez!! bjks

    ResponderEliminar
  7. Acho muito divertida essa série "convidei para jantar". Gosto muito da Sofia Coppola, ainda não vi Lost in Translation, está na minha lista há meses. E esse risotto deve ter ficado espetacular, digno de estrela de cinema :)
    beijos

    ResponderEliminar
  8. Eu adorei a tua sugestão, fica uma mistura de cores.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. UM RISOTTO DIGNO DA CONVIDADA ...ADOREI.
    BJ

    ResponderEliminar
  10. Uma boa escolha, adoro arroz selvagem e também o servi ao meu convidado :)

    ResponderEliminar
  11. Gostei muito do risotto. Mas adorei a escolha da convidada. Gosto muito da família Coppola. E muito da Sofia. Adorei o Virgens Suicidas e o Lost in Translation é um dos meus filmes preferidos de sempre. Filmado com uma sensibilidade muito especial.
    Um beijo,
    Ilídia

    ResponderEliminar
  12. Olá Ginja:)

    Adoro estes jantares!!! Só tenho pena de nunca ser convidada...
    Acho que escolheste muito bem, como sempre e além de agradares a ilustre convidada Sofia Coppola agradaste também a mim com este belo e delicioso risotto.
    Aguardo o próximo:)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Que belo risotto servis-te à tua convidada. Aposto que ela adorou... eu teria concerteza ;) Depois de tanta indecisão lá conseguiste convidar alguém à altura desse magnífico risotto :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Excelente escolha Ginja, sou fã dessa familia;)
    Sem dúvida um jantar que ficará nas vossas memórias.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Olá!

    Que maravilhoso jantar, com uma bela conversa e um óptimo ambiente!

    Parabéns pelo lindo risoto!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  16. Excelente refeição ficou um pratinho mt bem elaborado, parabens!

    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Excelente convidada e refeição! Fazia-me de convidada... :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Ginja penso que escolheste mal, aqui uma estrela de cinena tão perto :) que em vez de ir para a espreguiçadeira podia ter ajudado na cozinha eheheheh
    Gostei imenso do risotto, a bebida também me agradou imenso para a próxima não te esqueças :)

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  19. HUm...que bom aspecto, deve ser uma maravilha.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Ginja minha querida, que pena que não consegui chegar a tempo neste jantar!!! Adoro cinema e tudo que se refere a ele..Gosto muito da Sofia, adoraria fazer parte dessa gostosa conversa e ainda poder saborear este risoto delicioso, substâncioso e ao mesmo tempo leve e chic!!, pois embora ela tivesse nascido em New York, sua descendência é italiana.
    Esta louça de uma côr lavanda, sua côr predileta deve tê-la impressionado muito. E espumante e vinho branco são os seus preferidos, tanto que Sofia é um vinho blac des blancs produzido pela Francis Coppola Winery em sua homenagem. E ainda poderiamos brindar seu aniversário que será dia 14. Viu só...como me empolguei, mas com tão feliz e acertada escolha, não poderia ser diferente....É por essa e outras coisas que eu sou tua amiga, fã de carteirinha.. Beijinhos da Gina

    ResponderEliminar
  21. MINHA AMIGA,
    PARABÉNS PELO POST, VOCÊ É MUITO CRIATIVA,FIQUEI ENCANTADA
    COM A SUA HISTÓRIA!
    ENTREI NA HISTÓRIA E FIQUEI IMAGINANDO QUE EU FOSSE A SOFIA,
    O JANTAR ESTAVA PERFEITO E AS NOSSAS CONVERSAS ENTÃO, UMA
    MARAVILHA, RSRS.

    BEIJINHOS, FICA COM DEUS!

    ResponderEliminar
  22. Ginja querida sua escolha não poderia ser melhor, adoro a familia Coppola e seus filmes, a convidada muito ilustre e boa companhia, sua limonada com hortelã chegou até a mim,na imaginação e consegui até sentir o doce aroma da hortelã, assim como a sangria de champanhe com framboeas,a refeição magnifica, digna de um Oscar ainda mais composto com os legumes que vc adicionou. Adorei. E não poderia ir embora sem falar da sua louça, linda na cor e nos detalhes, sua apresentação como sempre maravilhosa. Beijinhos querids e criativa amiga

    ResponderEliminar
  23. Olá Ginja :)
    Estava a ver que ninguém convidava uma senhora! E que Senhora! Depois do para mim invulgar Lost in Translation, já lá vão uns aninhos, sempre senti algo especial por esta cineasta! O somewhere, ainda está na minha lista para ver.
    Adorei a refeição que lhe preparaste, requintado e simples ao mesmo tempo!
    Beijinho e um grande bem haja pela tua participação!

    ResponderEliminar
  24. É claro que ela adorou, só podia, está com um excelente aspecto e ingredientes muito bons
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  25. A Sophia Copola foi uma belíssima escolha. A marca da sensibilidade feminina na realização cinematográfica. Lost in Translation é sem dúvida o meu filme eleito desta senhora. Já tive oportunidade de o ver várias vezes. Uma delas foi em consequência do zapping. Parei ali e ali fiquei, mais uma vez.
    Este desafio está a ser fantástico com tanta participação imaginativa à mistura.
    As fotos do risotto estão de abrir o apetite! Parabéns.
    Um abraço atlântico
    ~Patrícia~

    ResponderEliminar
  26. Tu tens uma maneira de escrever que envolve e me faz sempre sorrir deste lado :)
    O risotto ficou fabuloso, e a escolha do convidado bem fixe, gostei mto do Lost in translation.
    beijinhos querida

    ResponderEliminar
  27. Uma excelente escolha, quer de convidado quer de jantar. Risottos é connosco e por acaso o Vel anda distraído e faz uma boas semanas que não temos nenhum cá por casa. Ainda que me lembraste!

    ResponderEliminar
  28. Lost in translation... tb gostei muito!
    O teu risotto está perfeito!

    ResponderEliminar
  29. Ginjinha, minha linda, só podias ter uma convidada maravilhosa!
    Belíssima escolha, acho-a uma realizadora brilhante, adorei os filmes Lost in Translation e Marie Antoinette, ambos muito bem conseguidos! Tenho que ver o The Virgin Suicides, passou-me ao lado!
    Como sempre a tua história está fantástica, consegues transmitir o ambiente e as situações de maneira maravilhosa e o risotto de arroz selvagem deixou-me encantada! Adorei, ficou perfeito e muito apelativo, com umas cores lindas!
    Um grande beijinho, querida vizinha e tem um fantástico fim de semana, com muito sol e sorrisos:)

    ResponderEliminar
  30. Fantástica escolha,fantástica convidada, fantástica refeição, fantásticas fotos, enfim, fantástico tudo.
    O meu convidado vem este fim de semana. Vamos ver como me sairei. Segunda feira, conto.
    Beijinhos e parabéns.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  31. Olá Ginjinha querida!
    Consegues sempre surpreender...a tua escolha foi deliciosa, tanto na convidada (alguém no feminino!) como na escolha para o vosso jantar...não sou Coppola, mas não me importava nada de me sentar à tua mesa e partilhar um risotto tão lindo e tão delicioso quanto este! hehe
    Sinto aqui o perfume que vem desse lindo prato, tão bem preparado e com um final tão feliz! Tenho a certeza que a Sofia gostou e vai querer voltar, uma anfitriã como tu conquista qualquer um. Amiga, essa sangria de champanhe com framboesas também foi muito bem escolhida. :)
    Uma excelente participação, como sempre com fotos maravilhosas...
    Beijinho grande e BOM FIM DE SEMANA! :) weee

    ResponderEliminar
  32. AMIGA,
    TENHA UM FINAL DE SEMANA ABENÇOADO JUNTO A SUA FAMÍLIA!
    BEIJINHOS ♥

    ResponderEliminar
  33. Un arrocín caldoso de primera!!! Y las copinas tan ricas, con ese colorido y esa transparencia del vidrio!!! Vaya rico todo Ginja!!! Besinos.

    ResponderEliminar
  34. Mas que post voluptuoso, tal como o risotto!!! Olha, estou um nadinha sequiosa... não terá sobrado uma tacinha de sangria de champanhe com framboesas???
    Beijinhos, bom sábado!
    Madalena

    ResponderEliminar
  35. que maravilha de jantar. Bem acompanhado e ela de certeza que adorou!!!
    Bjoca e bom fds:*

    ResponderEliminar
  36. Ginjinha querida, passando pra lhe desejar um excelente final de semana junto aos seus. Espero que vc esteja bem, se cuide querida amiga. Fique bem. Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. Ginja,
    Sangria de champanhe e framboesas... quero essa receita!
    O risotto está uma maravilha, cheio de molhinho apetitoso!
    Bjs

    http://tentacoesobreamesa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  38. Adoro risoto com cogumelos, e essas amêndoas deram um travo especial :)

    ResponderEliminar
  39. Parece ter ficado uma delicia, e com legumes que eu gosto bastante! Sem duvida a experimentar.

    ResponderEliminar
  40. um risotto todo apetitoso, eu vou tirar um bocadinho (com um pedido de desculpas para o teu convidado)
    ;)

    ResponderEliminar
  41. Hehehe, adorei teu post!
    Amaria estar nesse almoço "cinematográfico", ainda mais com esse delicioso risotto - hummmmm!
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar
  42. Ginja “clap clap clap” (ouviste? Era eu a aplaudir o teu jantar!!! TUDO)
    Que convidada maravilhosa e que jantar...Adoro a Sofia e confesso que ainda pensei em convidá-la, eheheh. Gosto muito do Lost in Translation, mas adoroooo o Virgens Suicidas.
    E as tuas referências cinematográficas, Kusturica, Allen, Almodovar…bem fundem-se nas minhas :) ..que mais dizer!
    Estou com a Lenita…tens de partilhar a receita dessa sangria..hmmm
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Un plato de lujo, que sin duda, será del gusto de tu invitada. Qué bueno tiene que estar!
    La próxima vez, me invitas a mí, ok? Voy encantada!
    Besitos.

    ResponderEliminar
  44. Minha querida, a escolha, tanto do convidado, como do prato, não podia ser mais magnífica.
    Partilho a tua opinião sobre a família Copolla em geral e o risotto, DIVINO!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  45. Fiz e ficou maravilhoso!BJ, Marília

    ResponderEliminar